Passarela em aço facilita a locomoção de um prédio a outro no Hospital e Maternidade Monte Sinai, em Juiz de Fora


O Complexo Hospitalar Monte Sinai, localizado no bairro Dom Bosco, em Juiz de Fora (MG), conta com dois blocos de prédios com cinco andares cada (em 42 mil m² de área total), 315 consultórios, clínicas de diagnóstico e terapia, um estacionamento com 565 vagas, entre outros ambientes – tudo com portarias independentes para cada torre –, além de um centro de convivência com 24 lojas, agências bancárias, restaurantes, academia e farmácia.

Apesar de toda esta estrutura, um dos aspectos da obra que mais chama a atenção é uma passarela, que liga uma torre a outra passando por cima da Avenida Presidente Itamar Franco (antiga Avenida Independência). Com estrutura inteiramente em aço, trata-se de uma transposição aérea (conhecida como sky way) que acaba por dar novas impressões à paisagem urbana local.

A passarela tem 46,3 m de comprimento e 4,80 de altura; são 3,30 m de largura na parte superior e 4,50 m, na inferior. O principal componente utilizado no projeto foi o arco metálico formado por tubo em aço carbono. O revestimento externo da passarela foi feito em alumínio composite e vidro, e internamente o teto foi executado em gesso acartonado. O fechamento em vidro garantiu a entrada de iluminação no espaço.

“A estrutura em aço foi um pedido do cliente e proporcionou, principalmente, rapidez e versatilidade na fabricação e na montagem e, consequentemente, menor tempo na execução da obra”, diz Antônio Francisquini, da área de Projetos da Inusa Indústrias Unidas, responsável pelo trabalho. Segundo ele, a passarela foi fabricada em módulos. “Isto foi decisivo para a facilidade do transporte e montagem, e reduziu ao mínimo as soldas no local e também o tempo de montagem”, avalia.

No total, foram 36 toneladas de aço para construir a estrutura estaiada da passarela, que é sustentada por um arco metálico e suspensa por tirantes, apoiada sobre grandes blocos de concreto armado (gigantes) – e sem apoio no canteiro central. Conforme detalha Francisquini, trata-se de um projeto “com perfil trapezoidal, em estrutura tubular (nas vigas principais e contraventos), piso em viga W, apoiada nas extremidades e sustentada no seu terço médio por um tubo de diâmetro externo (de 965 mm), que a transpassa por cima e a suspende por meio de tirantes”.

Para a montagem dos módulos e implantação da estrutura da passarela, segundo informações do próprio Monte Sinai, o uso do aço minimizou a duração da paralisação do trânsito de veículos nas pistas da avenida. A operação contou com o suporte da Secretaria de Transporte e Trânsito do município. Estima-se que de quatro a cinco mil pessoas circulam entre os dois prédios do complexo diariamente, sendo que pelo menos 10% deste fluxo utiliza a passarela. (C.E.)

Ficha Técnica

Projeto arquitetônico: EFE Arquitetura e Urbanismo Ltda.
Aço empregado: ASTM A36
Volume de aço: 36 t
Projeto estrutural: Limonge de Almeida – Consultoria e Projetos Ltda.
Fornecimento da estrutura metálica: Inusa – Indústrias Unidas Ltda.
Execução da obra: Inusa – Indústrias Unidas Ltda.
Local: Juiz de Fora, MG
Data do projeto: 2011
Conclusão da obra: 2012

Fonte:

CBCA


')}